O Preço do Amanhã.

Como seria viver sem o dinheiro? Ou melhor: como seria viver tendo que pagar tudo com o seu tempo de vida? Soa um pouco estranho, mas dá pra entender melhor ao assistir “O Preço do Amanhã”. Fiquei um pouco confusa no começo, mas pra compreender é só trocar o tal do DINHEIRO pelo TEMPO. Imagine só: quero…

Querida infância…

Diferente dos dias atuais, a infância de alguns anos atrás não se resumia em jogar ao computador, ficar o tempo todo ao celular ou em jogos virtuais, brinquedos que falam e andam sozinhos, entre outros. A infância de “antigamente”, ao nosso ponto de vista, era muito melhor. Vivíamos cheios de machucados, tocando campainha dos vizinhos…